É Preciso Viver Viajando Para Ser Nômade Digital?

0
2055
É Preciso Viver Viajando Para Ser Nômade Digital?

Já escrevemos aqui no nosso blog um artigo sobre O Que é Nômade Digital?, neste artigo nós esmiuçamos os conceitos e o estilo de vida, mas sempre nos perguntam se para ser considerado um nômade digital é preciso viver viajando. A nossa resposta você confere neste post.
Que a internet é uma ferramenta poderosíssima ninguém tem dúvidas. Aliás, nós que dependemos dela para trabalhar somos muito mais do que agradecidos. Porém, ela é também utilizada como um propulsor de ilusões. Vamos explicar melhor. Descubra agora como viajar o mundo sem pagar hospedagem e comida Uma das ilusões mais comuns disseminadas na web é a glamouralização do life style de viajantes e nômades digitais. São centenas de milhares de fotos lindas, de lugares paradisíacos, de fotos com notebooks na beira da praia e por aí vai. Fato é que, ao falarmos de nomadismo digital, estamos falando de liberdade geográfica para trabalhar digitalmente, e isso não significa, necessariamente, viver viajando.

O nomadismo digital tem suas raízes no já conhecido home office. Com a melhoria da infraestrutura da internet e todos os seus facilitadores para viajar mais barato, o home office evoluiu. Seja economizando com hospedagem (Airbnb), com passagens aéreas (Skyscanner, Voopter), pesquisas relacionadas a custo de vida em cidades pelo mundo (Nomad List) e, obviamente, mais ofertas de vagas para trabalhar remotamente nas dezenas de sites para trabalho freelancer (como o Upwork, 99 freelas). As pessoas se deram conta de que elas não só poderiam trabalhar em casa, mas em qualquer lugar no qual tivessem uma boa conexão com a internet. Visando, inclusive, morar em cidades com um custo de vida melhor e mais baixo.

É Preciso Viver Viajando Para Ser Nômade Digital?

Nós também fomos picados pelo mosquito das viagens, somos apaixonados por isso e no último ano mudamos de cidade com muita frequência. Porém, agora buscamos esse tipo de mudança de forma mais lenta, tendo em vista que chegamos à conclusão de que: mudar muito, cansa. Porém, ainda que não viajássemos mais do que 30 dias por ano (período de férias tradicional) isso não influi no fato de sermos nômades digitais, já que o mais importante é realmente possuir a liberdade geográfica e tirar proveito dela como melhor nos convier. Então, nossa resposta para a questão “é preciso viver viajando para ser nômade digital?” é “Não”. Simplesmente desfrute da sua liberdade, de ser o seu próprio chefe e, se quiser, viaje muito ou viaje pouco; porém, acima de tudo, seja feliz.

Deixe seu comentário!